Notícias

MT Escola de Teatro realiza nesta quarta 1ª edição do Território Cultural Livre de 2019

Publicado em: 30.04.2019

Nesta quarta-feira (1º de maio), 17h, acontece o primeiro Território Cultural Livre de 2019, na MT Escola de Teatro. O evento é gratuito, aberto ao público. Estudantes deve assistir à duas atividades da programação que equivalem a duas horas complementares.

17h – Espaço Anderson Flores
Leitura dramatizada do texto “A mala de fugir e o Reino de Cuyaverá”
Este trabalho é o resultado da adaptação do livro “A mala de fugir e outros contos”, de Luiz Carlos Ribeiro, que registra uma série de relatos fantásticos vividos e contados, sempre pela oralidade, pelos kaiás, os contadores e contadoras de histórias mato-grossenses. Em meio às reflexões sobre o tricentenário de Cuiabá, levamos aos palcos, no formato da contação de histórias, os registros deste artista sobre a cultura popular cuiabana.

18h – Espaço Anderson flores
A privada do bugrinho
Recitando, em versos, as poesias da privada de um bar, baseado na peça teatral – O Bugrinho de Flavio Ferreira

18h30 – Palco
Histórias que contei pra mim: Leitura dramatizada
Um menino, seu faz de conta e a rua. Estes são os temas do segundo texto para crianças de Everton Britto. Nesta leitura dramatizada os atores buscam transformar o espaço de leitura no labirinto da cidade e criar uma dinâmica que traga as cores do texto para o público.

19h – Palco
Assum preto
Assum Preto, onde o dançarino se apresenta vendado, em alusão à música de Luiz Gonzaga, que versa sobre o costume de se furar os olhos do pássaro para que cante melhor.

20h – Palco
O ribeirinho e o inferno do outro.
O carpinteiro mais antigo da cidade, Xô Dito, se orgulha das mais de mil cadeiras entalhadas. O encontro inesperado com a Morte faz com que Xô Dito estabeleça um acordo, nunca mais produzirá cadeiras, em troco de mais uma década de vida. Logo que volta à sua oficina e começa a escolher o maior tronco, a Morte sente que será enganada por Dito e decide dificultar sua vida ao lhe tirar o movimento de uma das mãos. O plano agora é atrapalhar a Morte por toda eternidade.

Todos os direitos reservados - 2018